sábado, 21 de novembro de 2015

Estenose Espinhal

estenose

Estenose é uma palavra grega que significa estreitamento e que na coluna vertebral comprime a medula espinhal e os nervos.

E segundo estudos, a tendência de dor nas costas por estenose tem aumentado a cada ano, ocorrendo principalmente na coluna cervical e/ou lombar. 

As consequências:
  • dor (lombar ou cervical)… a temível dor nas costas
  • dor intensa nos membros inferiores e superiores (dependendo do local do estreitamento)
  • sensibilidade, formigamento/dormência nos membros
  • diminuição da força
As causas podem ser:
Existem 2 tipos de tratamentos básicos:

1) NÃO-CIRÚRGICO (95% por cento dos casos)
Algumas dicas para alguns desses tratamentos:
Fisioterapia e Estenose
Pilates para estenose espinhal

2) CIRÚRGICO (em 5% dos casos depois de tentar a amenização com todos os métodos acima)
… infelizmente foi meu caso e deve ser muito bem avaliado caso a caso por um bom especialista, e a cirurgia consiste em “descomprimir” a medula espinhal, aliviando assim os sintomas. Mas pode ser necessário o implante de placas e parafusos e ainda ter uma pós-operatório mais complicado, além dos riscos cirúrgicos.

Fontes:
spinestenosis.net
minhavida.com.br
mundosemdor.com.br



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Compressão do canal cervical



A compressão ou estenose do canal vertebral causa a mielopatia, que já fiz posts anteriores como esse: Mielopatia... , e aqui nesse novo vídeo vocês podem ver uma animação de como isso ocorre na coluna vertebral, e suas consequências, aqui especificamente na coluna cervical.

O áudio do vídeo é em inglês, mas contém também o texto em inglês que pode ser traduzido no Google Tradutor.

Vale a pena ver e tentar entender, é muito bom.

Eis aqui a matéria com o vídeo:

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Estatísticas sobre Fraturas na Coluna (relembrando)

fratura

Outro dia postamos sobre alguns dos Tipos de Fratura na Coluna Vertebral , aqui vocês podem conferir algumas estatísticas sobre esse tipo de fratura:
  • uma mulher, acima de 50 anos, tem um risco de 16% de sofrer uma fratura na coluna
  • um homem, acima dos 50 anos, tem um risco de 5% de sofrer uma fratura na coluna
  • as fraturas vertebrais que passam despercebidas chegam a: 46% na América Latina, 45% na América do Norte, 29% na Europa, África do Sul e Brasil
  • a média é de que apenas 1/3 das fraturas vertebrais chegam a tratamento clínico
  • uma mulher com 65 anos de idade, tem 1 chance em 4 de ter outra fratura em 5 anos
  • os riscos de fraturas vertebrais aumentam com a idade, em ambos os sexos
  • no Brasil, 1 pessoa em cada 17 tem osteoporose

E a osteoporose continua sendo a campeã das causas desse tipo de fratura.

Veja mais notícias e informações em: IOF (International Osteoporosis Foundation)


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

A coluna Vertebral e o seu peso


A obesidade é um grande problema para a nossa Coluna Vertebral. É a coluna que sustenta o nosso peso, então fica fácil de entender né? quanto mais pesado o corpo, mais sofre a coluna.

O acúmulo de gordura na região do abdomen é mais prejudicial ainda, pois faz o corpo se projetar para a frente, causando a dor lombar, muito comum.

O ideal é você se preocupar com seu peso não somente pela estética, mas principalmente pela saúde, além de afetar outras áreas da saúde, a coluna vertebral sofre muito.

Para isso não deixe de fazer exercícios regulares e manter uma alimentação saudável!
Procure uma nutricionista para ajudar a manter o peso dentro do ideal, você pode!

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Posição para dormir


Já que paqssamos boa parte de nossas vidas dormindo, devemos aprender como dormir bem ... eu já fiz aqui alguns posts sobre o assunto que valem lembrar:

Mas o que aprendi agora é sobre a posição de dormir, sabia que dormir de bruços faz mal pra coluna?
Pois é faz muito mal pra coluna e pescoço, e dormindo com dor significa um sono ruim e um dia seguinte não muito bom, você vai se sentir sonolento e cansado.
Estresse sobre a coluna vertebral aumenta o estresse sobre o resto da sua estrutura. Além disso, desde a coluna vertebral é um trajeto para os nervos, estresse da coluna vertebral pode causar dor em qualquer lugar em seu corpo.
E claro, pra dormir de bruços você precisa dormir com a cabeça virada pra poder respirar, e é aí que o pescoço, a coluna cervical sofrem muito, pois ficam totalmente desalinhadas e tortas.
E as dores na coluna refletem em dores em outras partes do corpo, pois é da coluna vertebral que partem os nervos.
E o que fazer então? tentar dormir na posição correta, usar o travesseiro correto (veja nossos posts acima indicados) e não esquecer de alongar de manhã sempre!


quinta-feira, 1 de outubro de 2015

IOGA


Trata-se das tradicionais disciplinas físicas e mentais de origem na índia, e associadas às práticas meditativas do Budismo e do Hinduísmo, as quais englobam religião e filosofia.
O termo também tem várias interpretações, sendo a origem delas a "união" (física e mística), e tem dezenas de linhas.
A IOGA é praticada e cultivada por 2 princípios centrais: 
A "Prática" e o "Não Apego"
Não se deve confundir IOGA com exercício, pois esta é na verdade um conjunto de  técnicas: como respirar melhor, praticar a concentração, entre outras.
Para as dores e problemas na COLUNA VERTEBRAL a IOGA é muito recomendada, e aqui alguns exemplos citados e específicos, mas claro é sempre recomendado procurar um professor de iogaterapia para orientar melhor nas posturas e suas restrições:


- TADASANA (postura da montanha): ajuda na postura correta, favorece a confiança e a felicidade, reduz a dor ciática, deve-se contrair o abdomen e as coxas:



 - KANDARASANA (Raiz bulbosa da Índia) = desvios da coluna, cifose, ombros e omoplata:




- MARICHYASANA (o nome de um mestre) = tonifica as vértebras, escoliose, dor lombar:





- MATSYASANA (peixe) = fortifica, tonifica e dá flexibilidade à coluna:


- PADAHASTHASANA (PADA=pés, HASTHA=mãos - postura da cegonha) = 
dor lombar e ciática:




- SUPTAVAJRASANA (esticamento sobre o solo) = ombros e dor ciática:




- PASCHIMOTANASANA (esticar as regiões posteriores) = complementar da postura anterior:




Algumas observações:
  • As posturas são inspiradas através da observação de animais e plantas;
  • Sempre permanecer na posição o tempo que achar confortável, desfazer lentamente e relaxar;
  • As posturas podem ser feitas diariamente, ou pelo menos 3 vezes por semana;
  • Manter a respiração leve, profunda e abdominal (quando você esquenta a cabeça, não te mandam respirar fundo? pois é ... assim muda seu estado de consciência);
  • Pode fechar os olhos e sentir cada músculo, órgão e articulação;
  • E pra localizar a consciência aplica-se também a mentalização, que pode ser pelo estímulo das cores (azul pra tranquilidade, laranja pra força, ...), ou levando força para certa parte do corpo.
Fonte: Revista Medicina Natural

Assim: Postura ► respiração ► concentração ► mentalização ►
                                realização da sua vontade.

Eu já fiz uso da iogaterapia há alguns anos atrás, mas para relaxamento e adquiri... uma fita (faz tempo mesmo kkkkk), que ensina passo a passo de uma posição para relaxamento, com técnicas de mentalização e uma música muito relaxante, quando uso funciona muito bem.

curiosidade: Sabe o significado do mantra OM ? É um poema religioso, uma saudação que produz efeitos psicológicos calmantes, e possui uma energia sonora que movimenta outras energias. É o som do universo. 







terça-feira, 29 de setembro de 2015

Saiba mais sobre a Hérnia de Disco

Já fizemos muitos posts sobre Hérnia de disco:
Cirurgia de Hérnia de Disco
Hérnia de Disco
Microcirurgia para Hérnia de Disco

E algumas outras que vocês podem encontrar na busca do blog.

Mas como a Hérnia de Disco é a doença mais comum da Coluna Vertebral, nunca é demais aprendermos sempre.

Aqui um bom artigo da Fisioterapeuta Miriam Bastos sobre o assunto:

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Postura no Computador




Hoje em dia uma porcentagem grande de pessoas dependem do computador… o problema é que eles são mesmo os vilões da postura no trabalho, e quem muito sofre com isso é a nossa coluna vertebral!
E mais ainda: os atuais notebooks, smartphones e ipads aumentam ainda mais esse risco já que podem ser utilizados em qualquer lugar como no sofá, na cama, no carro, nos passeios…
Por isso o cuidado deve ser triplicado, ou as consequências podem ser graves e dolorosas. Além da coluna vertebral(cervical e lombar), podem trazer problemas nas mãos, punhos, ombros, braços, pernas.

Então, nunca é demais fazer o que os médicos e fisioterapeutas recomendam:
  • para os computadores portáteis, utilizar no colo à uma altura confortável e que incline o mínimo possível o pescoço;
  • alinhar os dedos com os punhos no teclado;
  • quando for utilizar os portáteis por longo tempo… usá-lo em uma mesa e fazer uso de um mouse e/ou teclado;
  • monitor a 70/80 cm dos olhos;
  • braços devem formar um ângulo de 90º;
  • pernas semiflexionadas e pés apoiados no chão;
  • costas apoiadas seguindo as curvaturas naturais da coluna, se precisar utilizar almofadas;

E… além da observação da postura, valem muito os intervalos e os alongamentos e/ou ginástica laboral:

Outro post que fizemos exclusivamente sobre a postura no computador: Ergonomia no Computador

Fonte: http://doresnacoluna.chakalat.net



quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Salto Alto é ruim pra Coluna (relembrando...)

salto_alto_adolescente
O salto alto é conhecido como item de elegância pra mulher, mas as consequências podem ser irreparáveis.


O uso se reflete na pisada, no joelho, na tíbia, no quadril e claro, na coluna vertebral. Estudos afirmam ainda que o uso contínuo faz com que os músculos da panturrilha se encolham e se atrofiem, por isso quem usa sempre, sente dores ao usar sapato baixo.

Não interessa se é plataforma, agulha ou anabela, se tiver mais de 3 cm já começa a causar problemas físicos, e claro, quanto mais cedo começar a usar, mais cedo começam os efeitos colaterais.

O ideal é 2 a 3 cm acima do piso (por isso as rasteiras também são contra-indicadas pois causam muito impacto), e deixar os saltos mais altos para eventos esporádicos, e ainda sempre alongar a batata da perna, aquele alongamento feito com corda ou fita, deitada de costas e esticando a perna pra cima com essa ajuda.

Os saltos altos não dão estabilidade porque mudam o centro de gravidade pra frente, e ainda são grandes causadores dos entorses, além da fascite plantar, e os primeiros sintomas são dores no calcanhar, nas pernas e na coluna lombar.

Pra melhorar ainda mais o conforto e a saúde da coluna e geral, além de descer do salto, pode-se fazer um relaxamento com bolinhas de gude… rolando o pé…, ou o famoso escalda-pés e massagens.

Algumas dicas para escolher o calçado ideal:
  • deve-se deixar um dedinho de folga entre o último dedo e a ponta do calçado;
  • experimentar no final do dia, pois o pé incha ao longo do dia;
  • experimentar sempre os 2 pés;
  • andar com os 2 pés simulando sua caminhada normal;
  • se o bico for fino, não deve apertar os dedos;
  • solado o mais flexível possível;
  • solado sempre anti-derrapante;
  • nem largo, nem apertado: confortável;
  • não ser de material duro;
  • e… claro, preste atenção na altura do salto: não mais de 3 cm e não rasteirinha!
Tanto saltos muito altos, ou calçados sem salto nenhum (as rasteirinhas) podem ser prejudiciais à coluna vertebral, mas claro, não precisa ser tão radical, dá pra ter os 2 tipos mesmo assim, sómente cautela no uso... dá pra seguir a dica de levar sempre um mais confortável no carro, ou pra ir pro trabalho... pra viajar, e levar outro de salto ou rasteirinha e trocar no tempo ideal.


Distribuição do peso nos pés conforme a altura do salto:





segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Salto alto x Coluna Vertebral


Já fiz outro post falando sobre o uso de saldo e a nossa coluna vertebral: Salto alto é ruim pra coluna, onde vocês podem ver mais sobre esse assunto.

Mas nesse link aqui vocês podem ver mais algumas dicas de como usar o salto alto sem prejudicar a coluna, dicas dadas pelo fisioterapeuta Dr. Helder Montenegro, especialista em Coluna Vertebral:

Dicas

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Principais patologias da Coluna Vertebral



Você sabe quais são as principais patologias da nossa Coluna Vertebral? Aqui uma relação delas para nosso conhecimento:

1. Deformidades estruturais e alterações posturais da coluna vertebral
• Escoliose (idiopática, congênita, neuromuscular)
• Aumento da cifose normal (fisiológica)
• Aumento da lordose normal (fisiológica)
2. Alterações degenerativas (artrose)
• Degeneração discal (artrose do disco intervertebral / osteófitos)
• Degeneração facetaria (artrose das facetas articulares)
• Estenose do canal vertebral
• Espondilolistese / espondilólise
3. Hérnia de disco / Protusão discal
• Cervical (cervicobraquialgia)
• Dorsal (dor na coluna torácica ou dorsal)
• Lombar (lombociatalgia)
4. Fraturas da coluna
• Fraturas por traumatismos
• Fraturas por osteoporose
5. Tumores da coluna
• Tumores primários (origem na coluna vertebral)
• Tumores metastáticos

terça-feira, 1 de setembro de 2015

9 Mitos e Verdades sobre a Coluna Vertebral

De acordo com o fisioterapeuta Giuliano Martins, aqui você pode encontrar 9 mitos e verdades sobre a nossa Coluna Vertebral:

O estresse pode causar dor nas costas? Por quê? 
Sim, pode e afeta geralmente a região dos ombros e trapézio que é o músculo mais tensionado nos casos de estresse, preocupações, etc. 

Dores na coluna sempre indicam uma doença grave? Por quê? 
Não digo grave, mas é sempre importante investigar e tratar o quanto antes, pois quanto mais tarde, mais difícil será o tratamento e muitas vezes, a lesão pode se tornar irreversível. 

Dormir em colchões duros ou moles demais, ou no chão, pode prejudicar a coluna? Por quê? 
Sim. No colchão mole demais a pessoa acaba má posicionada gerando sobrecarga em alguns pontos da coluna e muitas vezes, acorda com a sensação de que "tivesse apanhado" durante a noite devido ao corpo dolorido. Já no chão a pessoa não tem um bom posicionamento e acaba se virando muito por não estar em uma situação confortável, o que prejudica muito a qualidade do sono e pode ocasionar dores devido à pressão feita pelo corpo (pontos como ombro e quadril principalmente) contra o chão. Já o colchão mais duro é uma questão de gosto. Eu prefiro e indico sempre de mola ensacada ou espuma com uma densidade própria para o corpo da pessoa. 

O repouso prolongado pode aumentar as dores na coluna? Por quê? 
Sim, se estiver mal posicionada. Aliás, não precisa nem ser repouso prolongado, alguns minutos apenas em uma posição inadequada pode gerar tensão, dores e consequentemente, lesão. 

O sobrepeso é um dos principais causadores de dor na coluna? Por quê? 
Sim, como o sedentarismo, a má postura e os fatores hereditários. No caso do sobrepeso, as dores e a lesão são atribuídas a sobrecarga gerada na coluna. O excesso de peso, principalmente na região abdominal, ocorre um aumento na lordose lombar e consequentemente, temos a sobrecarga e dor. 

Cruzar as pernas pode prejudicar a coluna? Por quê? 
Sim, se você tiver o hábito de permanecer por muito tempo nesta posição. Com as pernas cruzadas o quadril fica mal apoiado no assento e a coluna se curva para fazer uma compensação, o que pode ocasionar dores com o passar dos anos. 

Excesso de exercício físico também pode lesionar e provocar dores na coluna? Por quê? 
Sim, acontece o que chamamos de overtraining, ou seja, você sobrecarrega as estruturas musculares e articulares, gerando lesão e dor. 

Estalar o pescoço com o movimento da cabeça faz mal à coluna? Por quê? 
Sim, deve-se evitar este hábito, pois apesar deste estalo gerar alivio, você pode realizar um movimento de forma inadequada e gerar uma lesão. Se este estalo fosse benéfico você estalaria apenas uma vez e resolveria este problema, porém não é isso que acontece. Logo após o alivio, a necessidade de estalar novamente o pescoço retorna. Busque sempre um fisioterapeuta especialista em manipulação para poder solucionar o problema. 

Praticar natação ajuda a corrigir escoliose? Por quê? 
Sim, pois é uma atividade que exercita muito os músculos da coluna e abdômen, além de braços e pernas.

Fonte: Bonde

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Dormir Bem (relembrando...)



Sabiam que pra nossa coluna vertebral é muuuuuito importante dormir bem?
Já viram que quando a gente dorme melhor também passa o dia melhor?
E sem falar que muitas dores nas costas podem começar na cama...

Pois é verdade, mas pra dormir bem depende de muitos fatores, alguns fora do nosso controle, que são nossas dores nas costas que não nos dão trégua, mas há muita coisa que podemos fazer pra termos mais sonhos que pesadelos:
  • a peça-chave - o colchão: (experimente na loja)
        - não deve ser nem muito macio e nem muito rígido;
        - pode ser de espuma ou de molas, depende do seu gosto;
        - se for de mola existem alguns fatores, como mola ensacada ou não, o tipo de espuma da cobertura das molas, isso vai determinar o conforto;
        - se for de espuma deve-se escolher de acordo com o peso/altura:


  • o travesseiro e a posição: o material não interfere tanto como a altura:
             - pra dormir de lado (a melhor posição): essa altura deve ser igual                à distância entre o pescoço  e a extremidade do ombro;
            - pra dormir de barriga pra cima: deve ser mais baixo e deixar alinhada              a coluna dorsal e cervical;


E na hora de levantar da cama? Parece uma coisa muito simples e óbvia não é? mas pra quem já tem problemas na coluna sabe o quanto isso é difícil.
A melhor forma é deitar de lado, apoiar o cotovelo e a mão na cama e "empurrar" o corpo pra sentar na beirada e assim levantar sem forçar a coluna.



Fonte: Revista Saúde

E pra o sono não demorar, e ainda ser leve e gostoso valem aquelas velhas dicas:
- um banho morno;
- um chazinho relaxante;
- uma alimentação leve, evitando cafeína;
- ambiente agradável: temperatura, som e luz suaves;
- horários saudáveis: deitar e levantar mais cedo;
- evitar atividades que estimulem o cérebro, logo antes de deitar;
- use essência de lavanda que relaxa bem, no banho, no colchão ou na lâmpada.

E você sabia que 1/3 de nossas vidas passamos na cama 
Por isso vale a pena investir, eu por exemplo, investi no ano passado em um bom colchão grande e de molas ensacadas, e em travesseiro ortopédico, e passei a dormir muito melhor. Também comprei um daqueles travesseiros de corpo (ou de rolo, ou como algumas mulheres chamam: o ricardão kkkkk), e melhora muito, embora ainda sinta dores nas costas, melhorou bastante com colchão e travesseiros bons.

E quando acordar, além daquele "pensamento positivo"... também vale fazer alongamentos na cama. Eu faço alongamentos pra coluna lombar ensinados pela fisioterapeuta e pelo menos já acordo cuidando de mim.
  
E olha aí a minha gatinha (Lilika) ... essa sim, como dorme, que inveja... mas sabem que uma terapeuta certa vez me falou que deveríamos observar mais os gatos, eles sim sabem viver, vejam como ele dorme muito e se espreguiça muitas vezes durante o dia, e com certeza esses alongamentos fazem bem, pois eles tem uma coluna muito flexível:






segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Travesseiro dos Sonhos!




Sabiam que o travesseiro tem uma grande importância quando se trata de coluna vertebral?
Sem travesseiro é prejudicial, muito alto também, e muito baixo também... então o que é ideal???


Também já fiz outros post sobre o assunto, que tal recordar:
- Travesseiro dos sonhos
- Dormir bem

E... Bons Sonhos!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Gestante x Coluna (...relembrando)

3522065592_fbd5f9d710
Os médicos recomendam que exercício na gravidez é bom pra mamãe e ótimo para o bebê, principalmente no último trimestre.
Mas e a coluna das gestantes, tem cuidados especiais? claro, e os cuidados devem ser redobrados.
Estudos indicam que 80% das gestantes tem dor nas costas, e geralmente após o 5º mês, pois o peso da barriga e o aumento das mamas, interfere no centro de gravidade, trazendo problemas pra coluna lombar cuja curvatura fica aumentada (hiperlordose lombar) e na região sacro-ilíaca (fim da coluna), e somando-se a isso tudo ainda ocorre o relaxamento da musculatura elevando
ainda mais a sobrecarga.                                                     
                                                                                           by Renata F Nascimento
  
Sempre relato minhas experiências aqui nos meus post's, mas essa vou ficar devendo, pois por essa não passei e nem vou passar, mas sempre ouço reclamação de muitas dores nas costas durante a gravidez.


Alguns cuidados especiais para a coluna nessa fase:
  • praticar exercícios específicos, hidroginástica e caminhada;
  • tomar cuidado com o sobrepeso/obesidade;
  • fazer alongamentos;
  • praticar acupuntura, ioga, massagem e fisioterapia;                                                  
  • dormir bem, utilizando o travesseiro ou rolo nos joelhos;
  • evitar salto alto;
  • não ficar muito tempo sentada ou em pé;
  • elevar as pernas sempre que possível, para melhorar a circulação;
  • ter alimentação, que favorece o sistema gastrointestinal, diminuindo as dores nas costas;
  • usar uma pequena almofada nas costas ao sentar;
  • cuidar da postura;
  • e claro… seguir sempre as orientações médicas.
Quer ler mais um pouquinho , veja matérias interessantes na rede:



1578710168_67668be577_m

E UM FELIZ DIA DAS MÃES A TODAS VOCÊS, E ESTE ESPECIALMENTE PRA MINHA IRMÃ CIDA QUE DAQUI HÁ ALGUNS MESES ESTARÁ ME DANDO MAIS UMA SOBRINHA: A BRUNA !


segunda-feira, 17 de agosto de 2015

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Desvios da Coluna (relembrando ...)




Nossa coluna tem algumas curvaturas normais como as da imagem acima. 
Os desvios na coluna são o aumento, diminuição ou ausência dessas curvas. 

Os desvios mais comuns são:





HIPERLORDOSE CERVICAL = aumento da  curvatura   cervical.





HIPERCIFOSE TORÁCICA = aumento da curvatura torácifa (forma corcunda)




► HIPERLORDOSE LOMBAR = aumento da curvatura lombar (bumbum arrebitado)









ESCOLIOSE = atinge a coluna torácica e lombar (em forma de S ou C )



   



COSTA PLANA = inexistência ou diminuição da curvatura normal da coluna.





As causas podem ser diversas e geralmente iniciam-se na infância ou adolescência, quando não são congênitas (adquirido antes de nascer):
  • infecções
  • doenças ósseas ( ex: osteoporose)
  • má postura
  • salto alto
  • traumas por acidentes
  • obesidade
                 Os tratamentos também são diversos, dependendo do grau desse desvio:
  • coletes ortopédicos
  • cirurgia
  • fisioterapia
  • RPG
  • acupuntura
E  claro, a prevenção é sempre o melhor remédio, e deve começar ainda na infância com uma boa educação postural, e exercícios físicos ou esportes, os quais fortalecem os músculos, porque depois, as muitas dores e outros problemas são inevitáveis.

E, só pra completar meus problemas de coluna, fui diagnosticada com ESCOLIOSE LOMBAR SINISTRO-CONVEXA, que quer dizer que tenho curvatura na coluna lombar em forma de C ao contrário, isto é, para o lado esquerdo... olha ela aí:










terça-feira, 11 de agosto de 2015

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Exercícios Físicos para a FIBROMIALGIA (relembrando...)

EXERCÍCIOS


O exercício físico é imprescindível para quem sofre com as dores crônicas e generalizadas da FIBROMIALGIA, mas claro, devem ser supervisionados e indicados por profissional qualificado, por isso comente sobre o assunto na sua consulta ao Reumatologista.




by mikebaird

Ainda que pareça difícil, pois a FIBROMIALGIA, além de ser muito dolorosa, trás junto a sensação de cansaço, mas após algum tempo (8 a 10 semanas) de exercício já dá pra sentir uma diferença, melhora os sintomas como o desânimo, a fadiga, a depressão e ajuda na boa qualidade do sono.

Segundo estudos, os exercícios trazem ainda benefícios psicológicos, além dos físicos, pois tem efeito analgésico trazendo resultados para a ansiedade e a sensação de bem-estar geral.

E isso tudo aumenta a flexibilidade e melhora a qualidade de vida em geral.

Os principais exercícios recomendados são:
  • alongamento
  • caminhada
  • atividades na água
  • exercícios de força
Os cuidados:
  • fazer avaliação médica
  • baixo impacto
  • iniciar aos poucos… escalonado
  • diminuir o ritmo em momentos mais agudos
  • treinar 2 a 3 vezes por semana


Fontes: Esporte com Saúde
             UNIFESP
             SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA

          
     

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Relaxamento para Coluna Cervical



O que acharam deste vídeo com fisioterapia para relaxamento da nossa coluna cervical? Bom né? simples e podemos fazer em qualquer lugar, já testei e gostei. Essa região do pescoço costuma estar sempre tensa (pelo menos em mim que sou inquieta), e ajuda mesmo.

Tenta aí você também!

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Yoga para a saúde da coluna vertebral (relembrando...)

yoga coluna

Já fizemos outro post aqui sobre a Yoga… agora vamos postar 3 artigos, em inglês, mas com os recursos de hoje tudo se resolve não é mesmo?
E esses 3 artigos valem a pena, contém vídeo e imagens de posições, movimentos, alongamentos e exercícios que vão ajudar a quem sofre de problemas e dores na coluna…
É muito importante cuidar da coluna vertebral, ela protege a medula espinhal e sustenta nosso corpo, gira a sua cabeça e liga os músculos aos ossos. As curvas da coluna permitem o equilíbrio, absorção dos impactos e flexibilidade.
Ter a coluna forte e flexível é a chave para a prevenção das doenças que podem acometê-la.

Vamos lá! Coragem:

Basic Yoga for a Stronger Spine (exercícios)

Using Yoga to Rehab Your Back (matéria)



Technorati Marcas: yoga,ioga,coluna vertebral,dor lombar,dor nas costas

terça-feira, 28 de julho de 2015

Transplante de cabeça???




Transplante de cabeça, isso seria mesmo viável? há cientistas que dizem que sim e outros que não... os que defendem dizem que seria feita uma separação entre as vértebras cervicas C4 e C5... e aí por diante... os que são contra dizem que a regeneração da coluna vertebral ainda é um empecilho...

Deêm uma olhada nessa matéria sobre o assunto:

Será mesmo??? O que vocês acham?

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Fitoterapia (relembrando...)

FITOTERAPIA vem do grego: Therapeia + Phyton (Tratamento Vegetal), e não eram só nossas vovós que a usavam, é conhecida desde as antigas civilizações. Nossa flora brasileira é bem rica e bastante usada por aqui.
Os mais usados para aliviar as dores na coluna, sem aprofundamento da especificação da lesão, e que também uso são:

chás/infusão:
  • Camomila
  • unha de gato
  • boldo
  • alecrim
  • sabugueiro
  • hortelã-pimenta
compressas/massagens:
  • arnica (indicada pela minha fisioterapeuta)
banhos:
  • pitombeira
  • arnica
  • capim-cidreira (para relaxamento muscular)

Mas deve-se ter muito cuidado, pois tudo depende da quantidade e da aplicação e existem ainda as contra-indicações, bem como substâncias tóxicas.

Aqui alguns sites com dicas sobre preparo e utilização dos chás na fitoterapia:


ednatureza

plantamed
plantasquecuram
bethynha

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Pilates (relembrando...)

pilates
Será que o PILATES é só moda ou é bom também para nossa coluna?

Na clínica onde faço fisioterapia, tem essa técnica, o que minha fisioterapia indicou é que assim que melhorar a fase mais crítica da dor que devo continuar tratando com a fisioterapia, posso fazer o pilates para fortalecer a coluna.

É indicado para:
  • endireitar a postura;
  • tornar-se mais flexível;
  • ganhar concentração;
  • fortalecer músculos;
  • reduzir o stress;
  • trabalhar a respiração.
Os exercícios são realizados em aparelhos próprios, focando-se nos músculos que coordenam a postura para manter o corpo equilibrado e fornecer suporte à coluna.

O método Pilates oferece exercícios que aumentam a estabilidade lombar e ajudam a eliminar as tensões que refletem na coluna cervical.

Os benefícios começam a aparecer depois de 1 mês, se praticado 2 vezes por semana, e devem ser feitos por pessoas especializadas.

O método possui 3 pontos fundamentais:
1) Respiração;
2) Aparelhos;
3) Concentração.

Fonte: Revista Saúde

Quer saber mais?





terça-feira, 14 de julho de 2015

O celular e as dores no pescoço



Já viram que a modernidade dos smartphones, tablets e até mesmo os notebooks podem causar danos à nossa Coluna Vertebral? Dizem os ortopedistas que os problemas principalmente na Coluna Cervical tem sido agravados devido ao tempo que temos passado checando as redes sociais, as msgs...

A NEURALGIA OCCIPITAL é a dor causada por esse hábito e pode trazer muuuita dor, devido à pressão nos nervos locais pela posição forçada por esses aparelhos. E isso tudo tem a ver com essa postura. Procure um ortopedista ou neurologista se esse for seu problema.

Aqui uma matéria com dados sobre esse problema explicado por um especialista:



segunda-feira, 6 de julho de 2015

Coluna x corrida





Especialista em doenças na coluna, fala sobre a relação da nossa Coluna Vertebral com a corrida.

Ele explica que a corrida é uma atividade aeróbica e que não tem função de fortalecimento muscular, mas que ela por si só não traz problemas para a coluna, mas pode agravar para quem já tem.

Veja na matéria completa onde ele também nos dá dicas importantes:


terça-feira, 30 de junho de 2015

Cirurgia Hérnia de Disco


Já viram como é uma cirurgia de hérnia de disco, a doença mais comum na coluna, mas vale sempre ver todas as opções antes da cirurgia né? com certeza é muito invasiva.


Veja outros posts que já fiz sobre o assunto:

Pilates
Hérnia de Disco
Microcirurgia para Hérnia de Disco


terça-feira, 23 de junho de 2015

Cirurgia Descompressão Coluna Cervical

Oi Gente, acessem o link abaixo para assistir um vídeo com uma simulação de uma cirurgia de descompressão do nervo na Coluna Cervical, com cirurgia anterior no pescoço, como a que fiz há alguns anos atrás.
Ela é bem eficiente, claro se feita por um bom profissional, a descompressão do nervo ocorre na hora como mostram os desenhos e foi assim que aconteceu comigo.


Uma corpectomia cervical anterior é um procedimento realizado quando a doença cervical abrange mais do que apenas o espaço em disco, como a estenose cervical multi-nível ou compressão da medula espinhal causada pelo crescimento de esporão ósseo. Ela envolve a remoção do corpo vertebral, bem como os espaços de disco em cada extremidade, para descomprimir completamente o canal cervical. 



Fonte: Spinehealth

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Porque as dores pioram com o frio ? (relembrando ...)

frio by uve☂

Além dos resfriados, garganta, nariz, pele ressecada, … as dores musculares são uma das principais reclamações de piora com o frio.


E pra quem tem artrite, artrose, fibromialgia, dores na coluna vertebral, gota, tendinite, bursite,  … então, nem se fala!


Os idosos sofrem mais, pois a pele é mais fina, há problemas na circulação sanguínea e são mais magrinhos.

Saiba alguns dos motivos, eles são reais, assim como as dores:
  • As temperaturas mais baixas também provocam constrição vascular prejudicando a circulação;
  • Para produzir mais calor e aquecer mais o corpo, o corpo tende a forçar mais os músculos e daí as dores por todo corpo;
  • Com o frio os nervos ficam mais sensíveis;
  • O líquido sinovial (líquido que lubrifica as articulações) fica mais espesso nessa época, limitando ainda mais os movimentos;
  • Para os mais magrinhos piora ainda mais, já que a gordura é um isolante térmico para o corpo;
  • A postura “encolhida” pelo frio também é prejudicial;
  • Alguns vírus comuns dessa época do ano;
  • A contratura muscular pelo frio;
  • O clima frio, também pode trazer depressão, e junto mais dor;
  • A dor de cabeça também aumenta com o frio, pois é uma área menos protegida por agasalhos e os vasos sanguíneos se contraem.
O que podemos fazer pra melhorar nesse dias?
  • manter-se agasalhado;
  • praticar exercícios;
  • alongar-se;
  • beber água para manter a elasticidade;
  • beber líquidos quentinhos: chá, café, chocolate, leite …
  • banhos quentes e bolsas térmicas nas juntas ajuda muito.
Eu mesmo não gosto do frio, e talvez este seja um dos principais motivos de não voltar a morar mais no RS, onde as temperaturas são muito baixas no inverno, e mesmo aqui em Minas Gerais onde o inverno é bem ameno, já estou feliz por ele estar terminando… que venha a primavera !







terça-feira, 16 de junho de 2015

Cuidados no Inverno (relembrando ...)

inverno1 inverno2

Bem, o inverno aqui em Minas Gerais é bem ameno, seco e fresco. Bem diferente do inverno que eu estava acostumada lá no Rio Grande do Sul, lá nunca cheguei a ver a neve, mas tudo branquinho pela geada e muita chuva, vento e frio… bem parecido com essas duas imagens!

No post que fiz sobre os CUIDADOS NO OUTONO já falei sobre alguns cuidados que devemos ter com nossos problemas e dores na coluna, dependendo da estação, e agora no inverno, a pior época, esses cuidados devem ser redobrados.

Quem não sabe que com o frio essas dores aumentam? artrites, artroses, reumatismos, pra isso tudo é um sofrimento.

Então, não devemos esquecer de:
  • nos manter aquecidos e secos;
  • cuidar também a alimentação (porque dá aquela fome né?) pra não engordar e sobrecarregar a coluna;
  • fazer exercícios físicos e alongamentos, que também aumentam a temperatura do corpo;
  • tomar muito chá e sopas quentinhas;
  • não esquecer de tomar bastante líquidos;
  • cuidar da postura pra não ficarmos encolhidos com o frio.
Mas não deixa de ser gostoso e aconchegante… boa época pra um chá, um agasalho lindo e quentinho, ver um filme enroladinho no cobertor comendo pipoca!




Technorati Marcas: ,,

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Dor de Cabeça x Coluna Vertebral (relembrando...)

tipos dor de cabeça

Só quem tem sabe como é ruim uma dor de cabeça né? Mas sabemos que existem muitos tipos e muitas causas, desde alimentares até neurológicas e posturais.

Só esclarecendo, Cefaléia é a mesma coisa que dor de cabeça, e enxaqueca é um dos tipos de dor de cabeça.

As principais causas das dores de cabeça são tensionais (ombro, pescoço e mandíbula) ou vasculares.

Mas como em qualquer tipo de dor o melhor é ir logo procurar um médico. Conheço uma pessoa que sofria há anos, ia sempre parar em pronto-socorro por causa dessas terríveis dores, resolveu procurar um neurologista que fez vários testes, exames, e depois de tratamento com algum medicamento, dietas, e alguns cuidados, não teve mais o problema.

Mas… vamos falar um pouco sobre a dor de cabeça causada por problemas na nossa coluna vertebral: a quantidade de nervos que existem na coluna cervical é muito grande, e qualquer alteração nesse ponto pode causar a dor de cabeça. Pode ser um desalinhamento, uma compressão, má postura ou uma lesão mais grave. E isso causa aquela dor na nuca ou pescoço.

A cervicalgia (dor na nuca, dor no pescoço, dor cervical) também é uma das causas da dor de cabeça,  Desse tipo conheço bem, já tive que correr ao pronto-socorro algumas vezes, pois tenho muita dor na nuca sempre… diariamente…, e às vezes se transforma em uma fortíssima dor de cabeça.

E o que podemos fazer, além é claro, de procurar um médico? além dos medicamentos, as crises podem melhorar com massagens, relaxamento muscular, fisioterapia.

Fonte: MedlinePlus

Para ver mais detalhes sobre o assunto:
Sociedade Brasileira de Cefaléia
www.dordecabeca.com.br
http://cefaleias.com.br








LinkWithin

Related Posts with Thumbnails