sábado, 21 de novembro de 2015

Estenose Espinhal

estenose

Estenose é uma palavra grega que significa estreitamento e que na coluna vertebral comprime a medula espinhal e os nervos.

E segundo estudos, a tendência de dor nas costas por estenose tem aumentado a cada ano, ocorrendo principalmente na coluna cervical e/ou lombar. 

As consequências:
  • dor (lombar ou cervical)… a temível dor nas costas
  • dor intensa nos membros inferiores e superiores (dependendo do local do estreitamento)
  • sensibilidade, formigamento/dormência nos membros
  • diminuição da força
As causas podem ser:
Existem 2 tipos de tratamentos básicos:

1) NÃO-CIRÚRGICO (95% por cento dos casos)
Algumas dicas para alguns desses tratamentos:
Fisioterapia e Estenose
Pilates para estenose espinhal

2) CIRÚRGICO (em 5% dos casos depois de tentar a amenização com todos os métodos acima)
… infelizmente foi meu caso e deve ser muito bem avaliado caso a caso por um bom especialista, e a cirurgia consiste em “descomprimir” a medula espinhal, aliviando assim os sintomas. Mas pode ser necessário o implante de placas e parafusos e ainda ter uma pós-operatório mais complicado, além dos riscos cirúrgicos.

Fontes:
spinestenosis.net
minhavida.com.br
mundosemdor.com.br



2 comentários:

  1. João Miguell Debacker10 de novembro de 2011 15:49

    Para ajudar ao autor da coluna, algumas das informações são imprecisas sobre os tratamentos conservadores. Por exemplo, o q foi citado como tratamento da Fisioterapia, trata-se de fato, tratamento de de recursos fototermoeletroterapeuticos, a ciência da fisioterapia, como da medicina, apresenta diversas áreas de especialização com recursos e tratamentos diferenciados para cada patologia ou quadro clinico.
    Sobre as cirurgias, podemos encontrar algumas tecnicas para o caso em questão a eletividade delas depende de varios fatores, algumas mais invasivas outra menos, e as osteossínteses não necessariamente são as placas e parafusos mais.
    Entendo que a informação coloquial e supercial serve para o publico em geral, mas, ainda sendo informação, pequenos erros devem ser evitados. Espero ter colaborado. grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Olá João Miguell,
    Muito obrigada pela visita, sempre gosto quando profissionais dão aqui sua contribuição. Procuro SEMPRE deixar claro, como neste post, que SEMPRE os bons profissionais/especialistas devem ser procurados, assim como eu faço. O BLOG me serve como blogterapia e procuro apenas dividir o que vivencio, como leiga, apenas paciente, seja nas fisioterapias, nos médicos, ou nas pesquisas. Abraço. Mara

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails