sexta-feira, 15 de julho de 2011

Mielopatia x Radiculopatia

estenose 
  Estenose Vertebral (Diminuição do espaço do canal vertebral)





Sem Título-2

Sintomas irradiados para membros superiores e inferiores



raiz e medula                                                                 DISCO VERTEBRAL 

Sempre tivemos essa dúvida da diferença entre RADICULOPATIA e MIELOPATIA, e pelo que vimos na literatura médica, esse diagnóstico nem sempre é muito fácil.

Mas, a principal causa seria para ambos uma estenose vertebral (ver imagem acima), causando sintomas diversos tanto nos membros superiores quanto inferiores, sendo que essa estenose pode ter várias origens, como hérnia-de-disco, escorregamento de vértebras, degeneração de vértebras, tumores, etc.

Sendo assim: uma doença na coluna vertebral pode causar uma estenose, que por sua vez pode também causar radiculopatia e/ou mielopatia.

Conceitualmente a MIELOPATIA compromete a medula espinhal, e a RADICULOPATIA as raízes nervosas.(compare a diferença da localização na imagem do disco vertebral acima)

Os sintomas são muito semelhantes aos da hérnia-de-disco, mas muitas vezes não está ocorrendo a compressão, por isso é preciso fazer exames para diagnosticar o problema correto na coluna vertebral.

A MIELOPATIA representa mais comumente um estágio mais avançado de uma doença na coluna cervical, provocando perda gradual dos movimentos do corpo, e estes são medidos por níveis de fraqueza que vão do grau 0 a 5, sendo o grau 5 o mais grave, levando ao confinamento a uma cadeira ou cama.
O tratamento nesse caso pode ser cirúrgico para descomprimir a medula (essa foi a causa da minha cirurgia cervical), mas sendo possível há tratamentos mais conservadores.
Os principais sintomas são o amortecimentos dos membros com diminuição de movimentos e força, e reclamação de dor nos membros.

A RADICULOPATIA pode ser causada por uma pressão exercida sobre a raiz nervosa que emana da medula e se irradia para os membros, causando dor e formigamento nos membros, e ainda fraqueza muscular.
O tratamento deve passar pela fisioterapia, quiropraxia, osteopatia e acupuntura, além de medicação para dor e antiinflamatórios, dependendo da causa.
Esse diagnóstico pode ser feito diante da dor forte referida no caminho específico de uma raiz nervosa.


Fontes: www.medicinanet.com
             www.radiculopathy.net/
             http://www.spine.org/
            http://www.vertebrata.com.br



2 comentários:

  1. Bom dia!
    Minha vó foi diagnosticada com Mielopatia já no grau 3 para 4 , fez cirurgia a mais de 5 anos para não avançar o grau, sendo hoje ela se encontra no grau 4. Ela sente dores, movimento de locomoção com dificuldade, eu gostaria de saber se a Quiropraxia irá ajuda um pouco com a s dores, pois sei que pela doença degeneratuva ela não irá voltar a ser o que era. Pois estava lendo sobre a Quiropraxia e vi que o tratamento é bem eficaz contra algumas dores.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Pois é, para sua avó só o médico poderá dizer o quanto de bem irá fazer. Mas por experiência própria, eu já fiz a quiropraxia e achei muito bom mesmo. Ajuda muito nas dores da minha coluna.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails