segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Obesidade é ruim pra coluna

obesidade-coluna

Faz muito sentido dizer que a obesidade é ruim pra coluna, pois se uma das funções da nossa Coluna Vertebral é o sustento do corpo, quanto mais pesado ele for, mais difícil será pra coluna sustentar o peso né?

E o peso do nosso corpo pressiona as vértebras, podendo levar à hérnia-de-disco, que causa muitas dores, desconfortos e outros problemas.

E infelizmente várias pesquisas indicam que a obesidade vem aumentando gradativamente, em muitos países e também agora em quase todas as faixas etárias, incluindo as crianças.

No meu caso passei por isso na prática, estava acima do peso e me foi recomendado emagrecer, consegui perder 12 kg em 1 ano, com a ajuda é claro de uma nutricionista, e assim tomando todos os cuidados na alimentação.

Um profissional é sempre necessário em todos os casos para nos orientar sobre nossa saúde.


Fonte: Quiropraxia.tv.br


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Cronofarmacologia

cronofarmacologia

CRONOFARMACOLOGIA: estudo que relaciona os efeitos dos medicamentos de acordo com as horas do dia.

Vimos no Jornal Hoje (Rede Globo), agora há pouco, uma reportagem sobre o melhor horário pra se tomar medicamentos… bem interessante isso, principalmente pra quem toma vários diariamente e para problemas crônicos, se tem uma hora que o efeito é melhor, então porque não seguir essas dicas?

Procurando ler mais sobre o assunto, vimos que o melhor horário leva em consideração, além de outros fatores, a liberação de neurotransmissores e hormônios, e esse cuidados não só facilitam a ação dos medicamentos como evitam efeitos colaterais.

Segundo estudos de cientistas da USP e Universidade de Campinas, os melhores horários são:
Hipertensão = manhã
Asma = 20 horas
Diabetes = manhã
Artrite = noite
Sintomas cardiovasculares = antes de dormir
Rinite = antes de dormir
Depressão = início da tarde
Gastrite e úlcera = noite
Tireóide = manhã
Osteoporose = manhã
Calmantes = noite
Antidepressivos = manhã


Aqui a reportagem pra quem não viu: Medicamentos devem ser tomados no horário correto para fazer efeito

Veja também uma matéria sobre a melatonina: Cronofarmacologia e melatonina – o hormônio que marca o escuro


Aqui outros post que falamos sobre medicamentos:


Technorati Marcas: ,

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

CERVICALGIA

CERVICALGIA
No site da Sociedade Brasileira do Estudo da dor, temos um bom conceito de CERVICALGIA.

A CERVICALGIA afeta de 30 a 50% da população, sendo que a crônica (>3 meses) afeta uns 15%, anualmente.

Com a vida agitada, as cobranças e o stress da vida atual diária, nossa coluna cervical sofre os danos, carregando muita tensão, junto com o peso da cabeça e a movimentação a que é submetida o tempo todo, pois é a parte da nossa coluna vertebral que tem maior mobilidade.

As causas, bem como os tratamentos podem ser vários, dependendo de cada caso.

As causas podem tanto ser de origem direta de problemas na coluna vertebral (compressões, hérnia-de-disco, fraturas…), ou de stress, tensão e postura, cabe a um profissional qualificado diagnosticá-las.

O tratamento mais utilizado é a fisioterapia, mas claro, depende de cada caso.

Eu sofro diariamente com a CERVICALGIA, a minha tem origem nos problemas cervicais, e posso garantir que não é nada agradável, pelo contrário, o desconforto é grande e a dor se “espalha” como na figura acima, para aliviar, além da fisioterapia, utilizo sob recomendação, bolsa de água quente (que alivia a tensão), alongamentos e medicação pra dor.

Aqui uma massagem para a cervicalgia: Massagem Preventiva



segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A verdade sobre as vitaminas

vitaminas1

A revista Super publicou uma matéria com esse título que achei muito interessante, pois temos a tendência a pensar que vitamina sempre vai fazer bem né? mas vamos ler com calma essa matéria que vai nos ensinar muito.

Os suplementos vitamínicos em comprimidos viraram um hit em todo o mundo, e já que as vitaminas são essenciais para o nosso corpo, isso está certo ou errado? muitas vezes estamos jogando dinheiro fora, e outras colocando a saúde em risco!

Elas precisam ser ingeridas na quantidade certa, nem mais, nem menos, e como suprir isso com a nossa alimentação? é então para acabar com a carência de algumas delas que elas viraram medicamento. Mas nesse caso, claro, sempre com a devida prescrição médica.

E por isso é errado também o que alguns afirmam: “vitamina se não faz bem, mal não faz.” Pois o excesso delas pode ser eliminado pelo nosso organismo, mas muito cuidado, em alguns caso pode fazer mal sim.

Aqui a matéria completa: A verdade sobre as vitaminas



Technorati Marcas: ,

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Caminhada


caminhada
Deixe as preocupações de lado. Cultive bons pensamentos e relaxe!

Saia para caminhar, esqueça compras ou outra atividade qualquer que apareça pelo meio do caminho.


É uma excelente atividade para manter a forma e o ânimo !


Caminhe sempre que puder, encontre novos caminhos e redescubra antigos trajetos. Descubra lugares novos, contemple-os com um novo olhar.


Sempre que vamos fazer algo importante nos preparamos de corpo e alma para tal acontecimento com relativa antecedência. Desde ir a uma festa, a uma reunião de negócios, para receber um amigo distante ou viajar.


Para realizar exercícios físicos não deve ser diferente, precisamos nos preparar, e não esquecer de fazer uma CONSULTA MÉDICA.



ROUPAS:
· Leves, claras, confortáveis e de algodão.

CALÇADOS:
· tênis confortável e com bom amortecimento (para atenuar o impacto no chão) e que seja bem acolchoado na região do calcanhar;
· escolha um para treinamento (com solado mais alto) e não para competição (mais baixo e leve);
· dar preferência aos modelos de tênis que são reforçados nas laterais para um bom suporte ao tornozelo, pois evitam torsões caso você tropece;
· quem pratica caminhada também deve considerar o terreno no qual se exercita;
. a meia de algodão é importante porque absorve o suor.

ACESSÓRIOS:
· bolsas e celulares (a não ser se for perigoso, para segurança) devem ficar em casa;
· chapéu ou boné para proteger o rosto e pescoço;
· filtro solar no rosto, braços e dorso das mãos;
· garrafinha com água fresca;
· relógio para marcar o tempo.

ALONGAMENTO / AQUECIMENTO:

AQUECIMENTO : Iniciar com 5 minutos de caminhada lenta, como "aquecimento" dos músculos e preparação do sistema cardiovascular e terminar da mesma forma, para relaxamento.

ALONGAMENTO: são exercícios voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. Devem ser feitos também antes e depois do exercício por 15 minutos.


obs: "o aquecimento aumenta a temperatura corporal o que aumenta a força de contração muscular. Da mesma forma, ele otimiza a coordenação neuromuscular, além de prevenir a ocorrência de lesões musculares e promover uma predisposição psíquica à performance. Para se ter uma idéia , em cada grau de temperatura corporal aumentado, o metabolismo celular aumenta em 13% e isso resulta em mais rápida liberação do oxigênio do sangue para os músculos".
· inicie o alongamento até sentir uma certa tensão no músculo e então relaxe um pouco, sustentando uns 30 segundos, voltando novamente à posição inicial de relaxamento. Repetindo 2 vezes cada exercício.
· Os movimentos devem ser sempre lentos e suaves;
· para aumentar o resultado, após cada alongamento, o músculo pode ser contraído por alguns segundos, voltando a ser alongado novamente;
· não esqueça da respiração. Inspire e expire ao longo de todo o exercício. Quando se respira fundo aumenta-se o relaxamento muscular. É a respiração que dá o ritmo ao exercício e por isso deve ser lenta e profunda;
· Procurar manter uma boa postura durante o alongamento.
benefícios:
-reduzem as tensões musculares;
-relaxam o corpo;
-proporcionam maior consciência corporal;
-deixam os movimentos mais soltos e leves;
-previnem lesões/entorses;
-preparam o corpo para atividades físicas;
-ativam a circulação.

O alongamento pode também ser feito a qualquer hora: ao despertar pela manhã, no trabalho, durante viagens prolongadas, no ônibus, assistindo TV e para aliviar a tensão muscular!


ALIMENTAÇÃO / HIDRATAÇÃO:
Para evitar queda de pressão, náuseas e fadiga:
· antes de caminhar faça uma refeição leve, à base de frutas e sucos.
· mantenha a hidratação adequada antes, durante e após a atividade física. Beba água!!! Jamais substitua a água por refrigerantes. Não espere sentir sede para beber água — quando a sede chega é porque a pessoa já está desidratada.

REGULARIDADE / INTENSIDADE:

· A frequência semanal deve ser de 3 a 6 vezes. Pelo menos 1 dia de repouso semanal é indispensável para evitar lesões osteomusculares;
· o mais importante na caminhada não é a distância percorrida, mas o tempo gasto no trajeto;
· A duração não deve ser inferior a 30 minutos por dia, e deve ser realizada por aproximadamente 40 minutos a 1 hora;
· A intensidade do exercício deve ser de 60% a 90% da frequência cardíaca máxima (respeitando a  idade). Para manter a intensidade moderada: "Enquanto anda, a pessoa sente os batimentos cardíacos e a sudorese aumentarem, mas consegue falar. Isso é o adequado. Se estiver andando e não conseguir conversar ao mesmo tempo é sinal de que o ritmo está acima do indicado". (Ande em passo contínuo, não é necessário correr...).

LOCAL:
· prefira pisos macios quando possível;
· ao ar livre se torna muito mais agradável quando se tem à disposição ar puro e uma bela paisagem. Mas quem não mora perto de uma praça ou de um parque, pode usar a calçada para caminhar;
· o exercício praticado na rua, no entanto, exige mais atenção. Evite andar em avenidas onde a movimentação de carros é muito grande e, consequentemente, haja altos índices de monóxido de carbono e outros poluentes, o que pode prejudicar a respiração. Cuidado também com buracos na calçada e com os carros.
· escolher um lugar que não tenha muita subida, onde as calçadas sejam retas e dispensem travessias.
. sempre deixe uma pessoa avisada do seu itinerário, principalmente se for fazer uma caminhada sozinho, o que não é aconselhável.

HORA:
Lembre-se: a caminhada começa no dia anterior. Portanto, durma cedo na véspera e evite comidas gordurosas, de maneira que no dia da caminhada você esteja 100% !
"Durante a atividade, liberamos adrenalina. Quando terminamos, ficamos mais relaxados e tranquilos, com disposição para o trabalho e facilidade para lidar com os problemas que poderão surgir"
· utilizar os horários da manhã ou tarde, longe dos horários da refeição;
· evitar andar quando o sol está forte:
- os melhores horários são antes das 10 horas (horário de verão = antes 11) e
depois das 17 horas (horário de verão depois 18)
· fazer exercícios pela manhã pode queimar mais calorias do que em qualquer outro horário. Isso porque, nesse período do dia, o metabolismo está em alta, funcionando melhor do que à tarde ou à noite: após as horas de sono, quando o corpo está profundamente relaxado, os músculos e o organismo, em geral, precisam de uma dose extra de energia para ficar de pé e fazer exercícios. Por isso, a taxa metabólica é mais alta pela manhã. E também garante mais disposição e bom humor, já que atividades físicas estimulam a produção de endorfina e serotonina, substâncias liberadas pelo cérebro que proporcionam a sensação de bem-estar. O clima também é favorável para quem prefere se exercitar durante o dia. No início da manhã o sol está ameno, e a atividade fica mais agradável e menos cansativa. Ainda mais para quem opta por exercícios ao ar livre. Nesse período, o indivíduo ainda não está sobrecarregado do estresse e do cansaço do dia-a-dia, o que muitas vezes diminui a disposição para o exercício físico.
· Mas, como em toda regra há exceções, existem aqueles que preferem ficar acordados à noite e dormir pela manhã. Nesses casos, o metabolismo atinge seu ápice no último período do dia e esse será o melhor horário para se exercitar.

Respeite o tempo. Uma caminhada na montanha ou campo não é igual a uma caminhada na cidade. Ficamos muito expostos ao tempo, portanto com tempo ruim se possível volte, senão procure um abrigo seguro e espere a tempestade passar. Em caso de raios, nunca se abrigue próximo a árvores isoladas. Se necessário, carregue na mochila abrigo para chuva, lanterna com pilhas reserva e água, além é claro de comida.

RESPIRAÇÃO:
---O ideal é inspirar (puxar o ar) pelo nariz, que tem mecanismos para filtrar o ar e permite uma ventilação mais eficiente e segura;
---Para expirar (soltar o ar), o melhor é utilizar a boca, o que torna a troca de ar mais rápida, já que a boca é bem maior do que as duas narinas.
.   Quando o esforço é grande, a tendência é inspirar também pela boca. Quando isso ocorre, o ideal é diminuir o ritmo e respirar profundamente, contando até cinco, para voltar a inspirar pelo nariz e expirar pela boca.


POSTURA:
Permitem-se conversas amenas e despreocupadas, tudo isto sem perder a postura e o ritmo.
Tenha postura ereta. Dê passos largos, mas não acelerados.
· A cabeça deve estar centrada nos ombros, olhando para a linha do horizonte em linha reta;
· O queixo e a cabeça acompanham o olhar (nem para cima, nem para baixo);
· Os ombros devem estar relaxados. Evite incliná-los para a frente ou para os lados;
· braços livres, para baixo, descontraídos e com movimentos rítmicos. O balanço dos braços deve ser natural e suave;
· O tórax fica em posição normal, sem desvios para a frente ou para trás;
· Nas mãos, agir como se tivesse segurando uma borboleta. A idéia é não apertá-las, para não  esmagar a borboleta, nem abri-las demais para não deixar a borboleta fugir;
· Para proteger a coluna, o abdômen deve estar contraído, estável e ereto. Esse movimento permite também apontar o cóccix (ossinho no final da coluna) em direção ao chão, alinhando a coluna vertebral;
· A musculatura abdominal e glútea devem estar contraídas;
· Os quadris devem ser movidos de forma natural, acompanhando o movimento das pernas para a frente e para trás. Nunca movimente os quadris para os lados! Os ossos ilíacos (da bacia) devem apontar sempre para a frente, convergindo para o centro.


CÃIMBRAS: A perda de sódio e líquidos e a deficiência de minerais como o potássio e cálcio são as causas mais frequentes. Para repor esses minerais o indicado é a ingestão de alimentos ricos em ambos, como banana, suco de laranja, leite, brócolis, couve, isotônicos.
Quando elas aparecerem durante um exercício o ideal é alongar o membro comprometido e massagear a área esfregando o músculo afetado.


APÓS O EXERCÍCIO:

HIDRATAÇÃO ... ALONGAMENTO ... RELAXAMENTO E...
banho morno que pode ser seguido por uma rápida ducha fria, não deve ser tomado imediatamente após a atividade. Deve-se aguardar pelo menos dez a quinze minutos, para que o metabolismo caia a níveis mais baixos e o processo da sudorese termine de vez. Sem isso, o suor continua sendo produzido depois do banho.

GASTOS CALÓRICOS:
Caminhar meia hora por dia é suficiente, mas apenas para manter a saúde, não para ter aptidão física ou um corpo malhado.
Essa atividade física é do tipo aeróbico, muito recomendável para quem necessita perder peso. Apresenta diversas vantagens sobre a corrida, como a de não traumatizar as articulações de quem já está com um excesso de peso.
  • O gasto calórico costuma variar entre 300 e 400 Kcal por hora, para uma pessoa de 70 Kg.

BENEFÍCIOS:
Caminhar oferece vantagens biológicas, a longo prazo, e psicológicas, a curto prazo.

- baixo impacto provocado;
- combate a obesidade;
- melhora a auto-estima;
- ganho de qualidade de vida;
- combate o sedentarismo;
- os riscos de lesões ortopédicas e cardiovasculares são mínimas em comparação a outras atividades;
- melhora o condicionamento físico;
- aumenta a massa muscular e a força dos músculos esqueléticos (a diminuição da força do quadríceps é um risco para ocorrência de fraturas do quadril);
- estar com excesso de peso pode contribuir para a sua piora dos problemas na nossa coluna vertebral, e ser um fator de risco para o desencadeamento da dor da coluna. Especialmente na região abdominal, o excesso de gordura desloca o centro de gravidade para frente, sobrecarregando a musculatura das costas;
- corrige a postura. Quem se senta curvado para frente, por exemplo, é estimulado a alongar os músculos peitorais e reforçar os dorsais para deixar a coluna mais ereta;
- Com o tempo, a falta de atividade física prejudica a estabilidade da coluna porque os músculos e outras estruturas perdem a sua tonicidade. É como se o mastro de um veleiro ficasse com as suas cordas frouxas e, por causa disso, começasse a balançar. “quem suporta o peso do organismo é a coluna, por isso, quanto mais pesado for um indivíduo, maior será o trabalho dela”.

E ainda serve para:
Melhor estabilidade articular;
Aumento de massa óssea, melhorando a osteoporose; aumento da massa óssea de 2,3%.
Aumento do colesterol HDL (bom colesterol);
Aumento da taxa de hormônio do crescimento;
Diminuição da frequência cardíaca de repouso;
Diminuição da pressão arterial;
Melhor utilização da insulina / diabetes;
Controle da obesidade;
Diminuição do risco de varizes;
Diminuição do risco de derrame cerebral;
Diminuição do risco de arteriosclerose;
Diminuição do risco de dor lombar;
Aumento da força;
Aumento da flexibilidade;
Aumento da resistência;
Facilitação da correção de vícios posturais;
Aceleração da recuperação de várias cirurgias;
Melhora da qualidade do período gestacional;
Facilitação do parto normal;
Facilitação da mecânica respiratória;
Aumento da eficiência do sistema imunológico.



Technorati Marcas: ,,

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Lombalgia

4838497721_4c2057a3de_m

A lombalgia, pode também ser mais conhecida popularmente como aquela famosa dor nas costas. É na verdade a dor que sentimos na altura da coluna lombar, logo acima das nádegas, podendo se espalhar para os membros inferiores.

Segundo pesquisas da OMS (Organização Mundial da Saúde), fica em segundo lugar nas queixas de dores, perdendo apenas para a cefaléia, e afeta 80% da população, pelo menos uma vez na vida, sendo mais popular após os 50 anos de idade.

Mas… como a lombalgia é apenas um sintoma, como sempre um médico deve ser consultado para a pesquisa das inúmeras causas dessa dor, que podem ser desde o sedentarismo e má postura, até uma hérnia de disco, tumor,  ou outra doença da coluna vertebral.

Se não tiver causas mais graves, a dor deve sumir de 4 a 6 semanas, o que acontece em 90% dos casos, caso contrário deve ser investigada minunciosamente por um bom profissional.

Os tratamentos que podem ser feitos também como prevenção, são:
 - exercícios orientados, diminuição do peso, alongamentos, cuidados com a postura e evitar o sedentarismo.
 - para uma dor maior são usados medicamentos analgésicos e antiinflamatórios, fisioterapia ou acupuntura, podendo em alguns casos chegar até à cirurgia.


sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O benefício das ervas

cha1

Em outros post já falamos dos benefícios das Plantas Medicinais e sobre as ervas e suas propriedades curativas, e há algum tempo atrás o Jornal Hoje da Rede Globo, veiculou uma matéria sobre o assunto, que vale a pena dar uma olhadinha, são dicas bem práticas de uma médica fitoterápica da UNICAMP, e inclusive com dicas de como preparar os chazinhos:





Technorati Marcas: ,

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails