terça-feira, 29 de junho de 2010

Remédios: Um vício ???

Bonbons multicolors.

Sabia que o Brasil ocupa o 5º lugar mundial no consumo de remédios ? é muito né? essa dependência tem origem na propaganda da indústria farmacêutica, na irresponsabilidade de alguns médicos e na ignorância de usuários.

Afinal, precisamos mesmo de tantos remédios? a maioria dos especialistas diz que não, mas o uso abusivo cresce assustadoramente.
Alguns dados alarmantes no Brasil:
  • 1 drogaria para cada 3 mil habitantes ( a recomendação é a metade desse número);
  • há mais pontos-de-venda de remédios do que padarias (podem ser comprados por telefone, internet…);
  • há dezenas de milhares de casos de intoxicação por medicamentos por ano (só os registrados);
  • laboratório farmacêutico é um dos negócios mais lucrativos do planeta (bilhões de dólares por ano);
  • 66% das vendas dos laboratórios vem dos EUA e da Europa;
  • são mais de 30 mil rótulos no Brasil (a OMS lista apenas 300 como essenciais);
  • os campeões são: analgésicos, antiinflamatórios, ansiolíticos;
  • as mulheres lideram o consumo com 75% somente de tranquilizantes;
  • mais de 30% das intoxicações são causadas por remédios;
  • o custo de pesquisa de um novo remédio pode custar até 500 milhões (mas o lucro supera muito esse investimento);
  • é irônico, mas oportunidades de lucro de um novo remédio surgem dos efeitos colaterais de outros remédios;
  • apenas 1/3 dos remédios vendidos vem de receitas médicas (todos já ouvimos falar das metas e prêmios aos vendedores de remédios);
  • sobre a ética médica e os laboratórios, o CRM garante que pega pesado contra essa prática;
  • 5% dos pacientes atendidos em clínicas são HIPOCONDRÍACOS ( a maioria sofre de depressão);
TODO REMÉDIO TEM EFEITO COLATERAL”, então o melhor é evitar essa dependência, que realmente ainda existe muito.

O que não se encontra nas bulas é que: “a ausência de remédios na vida de uma pessoa é garantia de saúde e não o contrário”

Fonte: Revista Super Interessante

Veja este vídeo sobre o uso abusivo de remédios, muito bom: 


Alguns post anteriores sobre esse assunto:




Technorati Marcas: ,

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Caloria ? O que é isso mesmo ?

Ela está na boca do povo, e é o combustível que atormenta quem quer ou precisa (como nós) perder peso pra manter mais saúde para nossa Coluna Vertebral.

É a energia retirada de proteínas, carboidratos e gorduras, que é processada pelas células e responde por funções vitais do nosso corpo, como fazer bater o coração, manter a temperatura adequada ao corpo, etc.

Quando dizemos que um alimento tem “x” calorias, nos referimos à quantidade de energia que ele pode fornecer ao organismo. E todos os alimentos são fontes de Kcal (no mundo da nutrição esse é o termo correto). E o pior disso tudo é que o organismo transforma o excesso em gorduras !

Segundo o sistema internacional de unidades, 1 caloria equivale a 4,18 joules – a quantidade de calor necessária para elevar em 1º C a temperatura de 1 mililitro de água.

E pra medir isso existe uma máquina parecida com um forno chamada calorímetro bomba, onde os alimentos são literalmente incendiados e o calor liberado é transferido para um recipiente com água e assim cada grau que eleva em 1 mililitro do líquido soma-se 1 caloria a esse alimento.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda um consumo em torno de 2 mil quilocalorias/dia. Sendo aproximadamente 55% de carboidrato, 30% de gordura e 15% de proteína.

E assim para eliminarmos os indesejáveis quilinhos a mais, basta??? inverter o balanço energético, o famoso: “gastar mais do que consumir - energias”.

E porque recomenda-se aliar essa diferença aos exercícios físicos? é que nessa balança 75% dos gramas perdidos são de gordura e o restante é de massa magra, que deve ser recuperada através das atividades físicas.

Lembrando sempre que esses valores e medidas dependem do metabolismo de cada pessoa.

Fonte: Revista Saúde


E na internet lugar pra ajudar a contar essas calorias é o que não falta:






sexta-feira, 25 de junho de 2010

Cheirinho Bom ! (relembrando...)



Já viram quando chegamos em algum lugar e logo sentimos aquele cheirinho de
SEJAM BEM-VINDOS” ?

A aromaterapia pode ser sentida desde o cheirinho de tempero na cozinha até o cheiro de flores na sala, ou do xampu no banheiro. É também usada junto com a fitoterapia e com a meditação.

Existem diversas formas de aplicar esses cheirinhos bons, eles servem para tratar problemas físicos e emocionais. Quer ver como podem ajudar em nossas dores na coluna:

1) As fervuras aromáticas dizem que é o cheiro dos anjos, é só colocar as ervas pra ferver e deixar o vapor se espalhar:
- eucalipto = limpa a energia de irritação e mau humor;
- laranjeira ou limoeiro e hortelã = de manhã para receber e clarear o novo dia;
- rosas vermelhas e amarelas + manjericão e alecrim = boas energias;
- capim-cidreira = e uma oração à tardinha nos traz sensibilidade;
- cravo e canela = paz, proteção  e equilibrio para nossa noite.

2) E os incensos? dizem que tem a incumbência de levar as preces para o céu:
- alecrim, alfazema, maçã, orquídea = calmantes;
- arruda, camomila, eucalipto = purificação;
- canela, cravo, cedro = estimulante;
- flor-do-campo = saúde;
- bálsamo, jasmin, rosa = elimina cargas negativas.

3) E a aromaterapia através dos óleos essenciais? é uma terapia alternativa que ajuda na saúde e bem-estar, pode ser através de massagens, banhos ou inalações:
- camomila = refrescante, dor-de-cabeça e depressão;
- cânfora = estimulante, reumatismo e insônia;
- limão = refrescante e estimulante;
- eucalipto = dores musculares;
- gerânio = refrescante e antiespasmódico;
- jasmin = relaxante;
- manjerona = fortificante, para enxaqueca;
- patchouli = relaxante, para depressão.



Saiba mais um pouquinho nesses artigos:


Também em outros post, falei sobre como usar a aromaterapia em travesseiros, ou no banho, com as ervas medicinais.




Technorati Marcas:

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Artrite Reumatóide (AR)

artrite reumatoide


A ARTRITE REUMATÓIDE é uma doença crônica, atinge cerca de 2% da população mundial, principalmente mulheres entre 30 e 50 anos, mas atinge também homens e crianças, e não existe cura. Atinge geralmente os dois lados dos membros simultaneamente.

Como acontece:
De uma hora pra outra as células de defesa do organismo mudam de lado, passam de amigas para inimigas e corroem as articulações em vez de protegê-las. Esse ataque produz uma inflamação no líquido sinovial – estrutura que reveste as juntas e produz um líquido que as lubrifica. Então passa a não ter mais essa função e é como se as dobradiças do nosso organismo enferrujassem.

Quais os sintomas?
O movimento é penoso, a dor intensa e pode vir acompanhada de febre, fadiga intensa e perda de apetite.

O que se pode fazer?
Hoje os especialistas já contam com medicamentos que não curam apenas os sintomas, mas tentam barrar o avanço deste mal e até mesmo a inflamação.

artrite reumatoide2
Orienta-se ainda:
- alimentação: pimenta vermelha, leite, nectarina, mamão e vegetais alaranjados.
- tratamentos alternativos: acupuntura, banho de lama.
- exercícios físicos: caminhada e bicicleta



Fonte: Revista Saúde, Medline Plus






Technorati Marcas:

sexta-feira, 18 de junho de 2010

O que é bom seguir!

De repente vi que precisamos aprender a ver a vida passar, mas com menos stress, mais tranquilidade, senão nós é que vamos “passar” e não só o tempo, e uma coisa boa é prestar atenção na natureza! Com ela relaxamos, respiramos, vivemos melhor!

Aqui acompanhei da janela o nascimento dessas 2 criaturinhas, até que um dia aprenderam a voar e se foram …

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
 OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Também vi as delicadas flores se transformarem em deliciosas pitangas:











E acompanhei as rosas desabrochando:



Mas, caminhando junto com a tecnologia, dá pra seguir coisas boas, que também nos ensinam a relaxar, a utilizar a natureza como grande aliada, e por isso sigo os blogs abaixo que me ajudam a amenizar as dores:

Plantas Medicinais
Massagens e Exercícios
Viver com Saúde
Mãe dos Felinos
Você é o que você come
Canto Verde
Saúde pelas Plantas



Technorati Marcas: ,,

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Descompressão Não cirúrgica

drx9000



DRX 9000 TM











Chegamos a esse equipamento lendo notícias sobre um novo tratamento que chegou no Brasil no ano passado (2009) e que promete tratar a descompressão das raízes nervosas da coluna (hérnia-de-disco, degeneração, problemas ciáticos…), sem cirurgia.


A máquina promete substituir a cirurgia em 70% dos casos.


Alguém aí de São Paulo já a utilizou pra contar pra nós? vamos esperar um depoimento!

Por enquanto vamos dar mais uma estudada no site do fabricante(em inglês):


E aqui um vídeo do equipamento em uso:










quarta-feira, 16 de junho de 2010

terça-feira, 15 de junho de 2010

Onde Mora a Felicidade?

IMG_2645



Meu novo Gerânio !










Estava folheando uma revista e vi essa matéria com esse título…
ONDE MORA A FELICIDADE  ?

Sempre fiquei pensando como tem pessoas que vivem tristes, angustiadas, parece que nunca estão felizes com nada, por isso acho que só pode ser biológico mesmo, a tal depressão, uma doença grave.

Parece que a ciência só fica debruçada sobre a tristeza, e sobre a felicidade? sabemos que as duas moram no mesmo lugar: na nossa massa cinzenta – o cérebro.

Os psicólogos definem a felicidade como sentimentos agradáveis, ausência de sensações ruins e a satisfação com a vida.

Dizem os especialistas ainda que há uma predisposição genética para ser feliz, será ???

Mas acredito sim que quem é mais alegre tem um sistema imunológico mais resistente e se recupera mais rápido de doenças. A atitude positiva perante a vida é fundamental.

Pois a felicidade pra mim está em pequenas coisas que vivemos diariamente, uma soma de pequenas coisas, ou apenas uma pequena coisa, como quando vi meu novo gerânio abrindo e estava curiosa pra saber sua cor.

As dores, problemas comum a todos, não tem como fugir, é melhor enfrentar, mas os bons momentos tem que ser vividos, ou até mesmo criados.

Sempre fui muito ansiosa, tudo tinha que ser pra ontem… o trabalho, a casa, a família, mas a gente vai aprendendo, hoje tento viver cada dia, não sei o que vou fazer, ou como vai ser amanhã, pois às vezes tenho uma agenda cheia de compromissos, mas as dores não me deixam fazer nada, é difícil, mas vou aprendendo assim.

O que ilustra bem tudo isso é um trecho do poema VIVER NÃO DÓI, de Carlos Drummond de Andrade:

…” a dor é inevitável, o sofrimento é opcional.”





Technorati Marcas: ,,,

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Torcicolo

torcicolo

Agora uma curiosidade por aqui, o que acontece num torcicolo?
Há cerca de 36 articulações na coluna, na região do pescoço, e a maior parte delas tem a função de facilitar o giro e dar flexibilidade. Um movimento mais abrupto da cabeça ou um mau jeito durante a noite pode provocar um ferimento em uma dessas articulações.

Esse ferimento imobiliza a articulação e dispara um espasmo involuntário num músculo chamado esternocleidomastóide. Há um em cada lado do pescoço, mas apenas o vizinho à lesão é afetado. Os nervos dentro do músculo e ao seu redor se comprimem e inflamam.

O espasmo pode progredir para outros músculos, como o omo-hióideo, o que impede a movimentação para um dos lados.

Por mais incômodo que seja, o torcicolo serve para proteger o pescoço evitando que o ferimento inicial se transforme em algo mais grave.

Fonte: Revista Saúde


Technorati Marcas:

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Estudos é pra sempre!

estudos1

Nossa… quem me conhece bem sabe que adoro estudar e acho que desde sempre! Minha mãe sempre me fala que eu vivia com lápis na mão e ao contrário de muitas crianças ou adolescentes, à noite sempre tinha que me mandar apagar a luz e largar os cadernos, senão eu não dormia tão cedo.

Quando pequena, lá pelos 5 aninhos… nunca fui a escolinha, jardim… meu irmão 1 ano mais velho, ia na escola na 1ª série primária e quando ele chegava em casa eu copiava e fazia todas as suas “tarefas para casa”, como morávamos em uma cidade bem pequena, a professora primária era nossa vizinha e vendo esses meus cadernos falou que eu estava pronta e em vez de frequentar a 1ª série só fiz as provas do final do ano, e assim, entrei na escola na 2ª série primária (tempos antiiiigos né?).

A partir da 3ª série já morava de volta em minha cidade natal e frequentei sempre a mesma escola (Escola Estadual Annes Dias) até terminar o antigo “segundo grau”. Foram 9 anos na mesma escola, e ir pra essa escola era meu maior lazer… pois fora esse horário já trabalhava bastante. Enfrentava ainda o frio do inverno do sul, chuvas e outras coisas, como falta de material… mas a escola era ótima, fornecia TUDO aos seus alunos mais carentes, desde uniforme até a “merenda”.

Quando terminei a 8ª série do 1º grau, tive minha primeira grande dúvida, como deixar minhas grandes amigas (Odete e Silvana), pois elas escolheram cursar o “magistério” e eu que adorava matemática queria cursar o que mais se adequava na época, o curso de Auxiliar de Contabilidade.

Naquela época (década de 70) esses dois eram alguns dos cursos que eram disponibilizados no que hoje se chama “colegial”, naquela época quando terminava a 8ª série a gente ia para cursar 3 anos de “Científico”.

Bem… com dor no coração, fui fazer o Aux. de Contabilidade, e claro encontrei novas grandes amigas que cultivo até hoje (né Isa?).

Terminei o 2º grau (colegial) com 15 anos e mesmo louca pra fazer faculdade, não tinha dinheiro pra inscrição do vestibular, fui trabalhar, e meu vô acabou me dando essa inscrição de presente. Assim, após 1 ano, com 16 anos fiz vestibular pra direito(exigência do meu pai !) e escondida (pois era o que eu queria) fiz também pra Ciências Econômicas, como passei nos 2, criei coragem e fui fazer a de minha preferência, cursei 2 anos e tive que abandonar pois tive que mudar de cidade novamente e onde eu fui morar não tinha faculdade…

Pra aguentar na nova cidade, fiz alguns cursos, como inglês e informática e (isso é inédito…!) fiz o 2º grau novamente, é que trabalhava com contabilidade e como só tinha o curso de auxiliar resolvi fazer o curso de Técnico em Contabilidade.

Um dos motivos de escolher mudar pra Uberlândia foi a Faculdade Federal… fiquei animadíssima, logo que cheguei, fiz o vestibular (NUNCA FIZ CURSINHO - gostava de estudar sozinha) pra Administração de Empresas e passei. Enfim, em 2000 peguei o diploma, depois de 6 anos de muita dificuldade.

Só aguentei ficar 1 ano fora da escola e como trabalhava agora com computação, quis fazer uma faculdade nessa área, mas frequentei pouco tempo, acho que 1 ano e meio, pois era particular e não consegui pagar.

Mais alguns anos e claro… voltei! Resolvi fazer vestibular novamente na Federal, em 2003, agora pra História… cursei 3 anos, e infelizmente tive que abandonar pelo início das minhas dores e problemas na coluna vertebral no final de 2005.

Podem imaginar o quanto tenho saudade, sempre gostei muito de ir à escola, era minha vida, agora não visualizo mais essa possibilidade, pois é muito difícil ficar muito tempo sentada, difícil ler pelo pouco movimento na cervical, e com certeza não teria tempo disponível com todos os contratempos de saúde. Mas o que ficou de lição é que posso estar com "n" problemas de saúde, mas capacidade pra entender, ler e ir atrás dos nossos direitos, isso sim é pra sempre.

estudos2

Mas uma coisa eu falo, que por essa minha história não concordo muito quando alguém fala que não estudou porque não teve oportunidade, cada caso é um caso, mas quem quer, consegue.

Foi o que eu sempre fiz!





Technorati Marcas: ,,

terça-feira, 8 de junho de 2010

Novas Regras Planos de Saúde

ans

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) divulgou a Resolução Normativa nº 211, que entrou em vigor a partir de 07/06/2010,  dando direito aos beneficiários em mais de 70 novos procedimentos médicos, entre eles: procedimentos cirúrgicos e exames diagnósticos e aumento do número de alguns tipos de consultas.

Mais um avanço em nossos direitos, mas pra isso falta o que? o beneficiário, conhecer, ler, se inteirar e cobrar. Bem sei, por experiência e sofrimento próprio, que há uma certa distância entre o papel e a realidade, mas muito disso se apresenta pela falta de informação e cobrança dos usuários em geral.

Não esquecendo que os procedimentos listados na Resolução são de COBERTURA OBRIGATÓRIA pelos Planos de Saúde.

Aqui o link com a Resolução completa, vale a pena tirar um tempinho e ler, só assim vamos fazer valer nossa cidadania:




segunda-feira, 7 de junho de 2010

Hérnia de Disco

hernia-disco

Existem  vários tipos de problemas que afetam a coluna vertebral, mas a hérnia-de-disco, é um dos mais conhecidos, tanto que SEMPRE que alguém sabe dos meus problemas e que fiz cirurgia na coluna, a primeiríssima coisa que perguntam é:  é hérnia-de-disco??? (no meu caso não é… como falei um pouco em meu post DIAGNÓSTICO).

A HÉRNIA-DE-DISCO é mais comum na coluna lombar e acontece como na figura acima:
O disco intra-vertebral (em roxo na figura) é localizado entre 2 vértebras e funciona como um amortecedor. No centro desse disco existe um núcleo gelatinoso (em azul na figura). Quando esse núcleo escoa para fora do disco, ele comprime os nervos e dispara a dor.

As causas:
  • traumas
  • acidentes
  • genética
  • envelhecimento
  • postura
  • trabalho repetitivo
  • vibrações
Existem vários tipos de tratamento, passando pela fisioterapia, acupuntura, alongamentos, exercícios, analgésicos e antiinflamatórios, tracionamento para descompressão, chegando até ao mais invasivo como a cirurgia.

Fonte: Revista Saúde, Wikipédia


Aqui um site com uma explicação mais detalhada, inclusive com
mapa corporal dos sintomas relacionados à vértebra afetada:


Aqui também um vídeo bem interessante mostrando como aparece 
a hérnia-de-disco:
 






quinta-feira, 3 de junho de 2010

A razão das Dores

razao dores

Por trás das dores nas costas pode existir uma infinidade de razões. Conheça as principais:
  • TENSÃO MUSCULAR :  os músculos se contraem excessivamente e pressionam os nervos. Quem vive com a nuca dolorida sabe do que se trata (uuuui);
  • DÉFICIT DE SEROTONINA: a fibromialgia (aaaai), ou quando o corpo todo dói, é exemplo clássico da falta dessa substância que, além de analgésica, está relacionada ao bem-estar;
  • INFLAMAÇÃO: um bom exemplo aqui é a artrite e espondilite (aaaai de novo…). As articulações ficam irritadas ou inflamadas por causa de fatores que podem ser hereditários ou de sedentarismo;
  • SOBRECARGA DE ARTICULAÇÕES: aí aparece a osteoporose, tremendos desgastes na cartilagem que alteram ossos e juntas… e tudo lateja.

Fonte: Revista Saúde

É… a nossa COLUNA VERTEBRAL é um eixo de emoções! Aqui algumas dicas para tentar entrar no prumo:



terça-feira, 1 de junho de 2010

Travesseiro dos Sonhos


O parceiro ideal, para ter bons sonhos e acordar sem dor nas costas, ou no pescoço, é um bom travesseiro ! E olha que estudos apontam que 83 % das pessoas não usam o travesseiro adequado.

Os especialistas dizem que o material não é tão importante quanto a altura, então quando sair pra comprar, é melhor levar a fita métrica:
  • pra dormir de lado (a melhor posição), a altura deve ser a distância entre o pescoço e a parte externa do braço;
  • quando dormir de costas, a altura do travesseiro deve ser um pouco mais baixa, preenchendo o espaço entre a coluna cervical e a nuca.
E não esqueça também de ter um segundo travesseiro, aquele que fica entre ou sob os joelhos, dependendo da posição, se de lado ou de costas.

Além das dores, o travesseiro inadequado torna o repouso fragmentado, provocando sonolência diurna, déficits de atenção, problemas de memória e aprendizado, e distúrbios de humor.

Outro detalhe: deve ser trocado a cada 2 anos!

E para ter ainda uma ajuda terapêutica da aromaterapia, vale os recheios com ervas aromáticas, que podem nos auxiliar com os problemas na nossa coluna:
ALECRIM
dor de cabeça, anti-stress, antidepressivo
ALFAZEMA
calmante, combate insônia e depressão
CAMOMILA
calmante, restaura forças, dor de cabeça
CIDRÃO
anti-stress e ansiedade, dor de cabeça
HORTELÃ-PIMENTA
dor de cabeça
MACELA
insônia, dor de cabeça, descansa o corpo
MELISSA
insônia, enxaqueca
MENTA
dor nas articulações
ROSA
antidepressivo, alivia tensão nervosa, dor de cabeça e insônia
ERVA-DOCE
calmante
Os travesseiros recheados não devem ser molhados, devem ser levados ao sol de 15 em 15 dias, afofados diariamente e trocados 1 vez por ano.

Fonte: Revista Saúde, Revista Bons Fluídos

Quer ler mais um pouco? veja esse outro post meu com mais algumas informações sobre o travesseiro e o colchão: Dormir Bem



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails