terça-feira, 9 de março de 2010

Como começaram?

Sempre soube separar como dizem “ a casa do trabalho”, e nessa época (2002) já trabalhava com orgulho por ser fruto de minha dedicação, em um banco há quase 15 anos, e aí começaram os primeiros sintomas da famosa “dor nas costas”.
Em uma consulta rotineira com o médico do trabalho, no conhecido PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), e diante das minhas reclamações das dores nas costas, me foi solicitado um exame de RX da coluna vertebral. Ao levar os resultados ao então médico(a) do trabalho, esta olhou por demorados minutos e me veio com:"... é melhor não trabalhar com esforços repetitivos", e foi só! Sem contudo orientar ou relatar os cuidados a ter ou as consequências que estavam por vir.
Tudo continuou normalmente... a vida, o trabalho... e as mesmas dores nas costas e que sempre imaginamos : é do computador... modernizam o mobiliário, trocam-se as cadeiras, mas as dores nunca acabam, nem sequer melhoram, pelo contrário, só pioram!
Aí já comecei com algumas fisioterapias para as dores, que não melhoravam nunca, mas continuava insistindo com as opções que tinha, mais fisioterapias, melhorando a postura com a ajuda da RPG... já era um passo a mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails