terça-feira, 23 de março de 2010

Alimentação!

Que atire a primeira pedra quem nunca tentou fazer uma dieta para emagrecimento, nem que tenha sido aquelas do tipo: "segunda eu começo...", principalmente nós mulheres!
Para a coluna vertebral diminuir o sobrepeso é fundamental!

Menos peso, menor pressão, menor dor.

E pra nós essa tarefa se torna dificílima, pois não podemos fazer muito exercício físico, ou quase nada como eu, e tem o agravante dos muitos analgésicos e outros remédios.
Eu, com muito esforço consegui diminuir quase 15 kg em 1 ano. Antes da cirurgia engordei muito devido aos cortidóides e claro stress. E após a recuperação da cirurgia busquei o acompanhamento de uma nutricionista. Com ela aprendi a  REEDUCAÇÃO ALIMENTAR: onde se pode comer tudo, mas tem que ter muita paciência e força de vontade, pois é bem lento, mas depois de uns 18 meses, mudei completamente os meus hábitos alimentares e mesmo sem exercício e com muita medicação pra dor, mantenho o peso normal.

O principal na reeducação alimentar:

  • comer de 3 em 3 horas;
  • não restringir nada pra não dar "aquele" ataque à geladeira;
  • o café-da-manhã deve ser a refeição principal;
  • comer principalmente muita verdura, fruta e alimentos integrais;
  • ingerir bastante água;
  • comer mais peixe e vitamina C;
  • ingerir menos cafeína.
Mas principalmente consultar uma boa nutricionista que te dará opções personalizadas, de acordo com seu ritmo-de-vida, trabalho, família, etc.

Além de manter o peso, a boa alimentação protege os ossos e a musculatura que é coadjuvante da coluna na nossa sustentação.

4 comentários:

  1. É Mara, esse é meu maior problema, sem ter nenhuma atividade fisica por causas das dores, e adorar uma cervejinha no final de semana, exagerei no peso, principalmente quando parei de fumar quando engordei 10 Kgs.
    Por sorte uma médica que me atendeu na medicina de reabilitação física ( 1995 )e que melhorei muito quando era atendido por ela , hoje ela tambem é Reumatologista no Hospital Clementino Fraga Filho ( fundão )e marquei uma consulta com ela.
    Vamos ver se volto a perder peso fazendo alguma atividade fisica

    ResponderExcluir
  2. oi Júlio,
    É isso aí Júlio quando falo em correr atrás, temos direitos sim, mas temos muita coisa pra fazer por nós mesmos, mas eu bem sei o quanto é difícil, eu emagreci os 15 quilos que estava acima do peso há 3 anos atrás, e estou conseguindo manter, mas adoro comer e adoro tudo que engorda, doces, massas, tudo isso.
    Mas se você conseguir ficar firme no começo de uma reeducação alimentar e ter sorte de arrumar essa profissional que você gosta, é só ficar firme no começo, tanto de atividade fisica quanto na alimentação, e em poucos meses tudo já fica automática e nem é mais sacrifício.

    Uma nutricionista que consultei há uns 2 anos e que me ajudou nesse processo era muito boa porque dava dicas fáceis e que se adaptavam ao ritmo pessoal, pois cada pessoa é um caso diferente, e as dicas dela ajudaram no meu caso, ela falava por exemplo se eu tivesse muita vontade de comer doce ou chocolate, podia comer até todo dia, desde que pouquinho, por exemplo em vez de uma barra de chocolate, um daquele ALPINOA, conhece? pequenininho e já mata a vontade, antes eu não jantava achando que engordava, e depois acabava assaltando a geladeira, agora janto todo dia, geralmente a mesma comida do almoço, só em menor quantidade e o mais cedo que der, lá pelas 19:00 h, depois quando dá aquela fomezinha de noite como fruta e resolve. Também insisto no café da manhã o melhor que tiver em casa, ajuda a passar o dia com menos fome e a dica de comer de 3 em 3 horas é milagrosa, no começo a gente come sem vontade, mas depois vê que funciona, pois só precisa comer sempre um pouquinho e nunca mais aqueles pratões cheios e olha que ainda repetia.

    Quando lembrar de outra dica dela, te passo tá?

    Boa sorte e garanto que quando conseguir perder peso vais melhorar imensamente.

    Mara

    ResponderExcluir
  3. Mara este primeiro segmento na foto acima precisa ser eliminado de todos nos que temos EA. A nossa doença vibra em cima do amido. Sua nutricionista nao diz nada a respeito disto ?

    ResponderExcluir
  4. Todd,
    Olá, muito obrigada pela sua observação que vale a informação para os que tem o diagnóstico da EA. Mas na verdade o post e o blog não é somente pra EA, e sim todos os problemas com relação à nossa Coluna Vertebral, e este post específicamente, mais como dica para tentarmos manter o peso sobre controle, pois sabemos que o sobrepeso não é nada bom para os problemas relacionados à coluna.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails